Se permitir

Às vezes, surge uma vontade incontrolável de comer um brigadeiro. Eu tenho dessas coisas: vontades incontroláveis. E é bem específico: é BRI-GA-DEI-RO. Não quero doce de leite, leite condensado, cajuzinho, bolo, nada disso. É brigadeiro enrolado no formato de bolinha cheio de granulado.

Às vezes, é preciso se permitir. E eu me permiti. Comprei um brigadeiro grandão e cada mordida foi saboreada como se o mundo fosse acabar assim que o brigadeiro acabasse.

Às vezes, sair um pouco da linha (leia-se dieta), não mata ninguém. Claro que, mais uma vez, não estou falando que tem que comer brigadeiro e vários doces todos os dias, que é só aplicar insulina e está tudo bem… Não! Não é isso. O que digo é que, às vezes, é NECESSÁRIO se permitir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receber via email

Digite seu endereço de email:

Delivered by FeedBurner

Voltar ao topo