O casamento do ano - A cerimônia [parte 1]


05 de Maio de 2018.
Meu casamento foi o dia mais mágico de minha vida.


Tentei começar esse texto com outras frases, mas não teve jeito, a palavra “mágico” foi a que mais se aproximou do que eu quero dizer, porque não há palavras para descrever as sensações, as emoções, o sentimento puro de amor que estava presente todo o tempo naquele lugar, naquele momento.

Foi uma cerimônia ecumênica (realizada por um padre e um pastor) linda, todos choraram de emoção. O momento dos votos, que nós mesmos escrevemos um para o outro, foi o mais emocionante, foi aí que todos choraram, inclusive os marmanjos kkkkk

Eu me arrumei no próprio espaço em que aconteceria a cerimônia e a festa. E a pergunta que não quer calar é: como ficou a glicemia no dia do meu casamento?

Vamos por partes:

Primeiro, a coisa mais importante a dizer, é que pensei em não usar a bomba e o Libre no dia. Como eu escolhi um vestido mais justo, a bomba não estava encaixando em nenhum lugar. Antes do casamento, fui a uma consulta com minha endócrino, e ela me "proibiu" de largar a bomba no dia do casamento. Conversou muito comigo, disse que era o dia em que eu precisaria me sentir mais segura em relação ao tratamento, porque eu já sofreria com outras ansiedades do dia, então que ela não queria que eu tirasse a bomba e nem o sensor. Foi o melhor conselho que recebi. Realmente, onde eu estava com a cabeça? Enfim, em um outro post eu conto pra vocês como eu fiz para usar a bomba e o Libre no dia do meu casamento (sim, estou usando os dois, podem procurar à vontade nas fotos).

Na sexta-feira, um dia antes do grande dia, foi o dia em que eu realmente fiquei nervosa. Eu estive tranquila todos os dias, durante todo o tempo, mas sexta-feira a ficha caiu. Dormi mal, muito mal, tive uma hipoglicemia severa que marcou “LO” no Libre, que eu não tinha há tempos. Ouso a dizer que não via esse “LO” desde o tratamento com bomba e sensor.


Sábado chegou e claro, eu estava ansiosa. A glicemia ficou um pouco alta pela manhã, batendo 180 mg/dL.Pedi um almoço, uma salada, pelo app iFood e 2h15 depois a comida não tinha chegado, liguei perguntando o que houve, responderam que não tinha previsão de entrega, então cancelei. Ou seja, fiquei sem almoço. Para enganar a fome, comi Doritos com coca zero. Glicemia subiu para 220mg/dL, mesmo aplicando insulina. Era a tal ansiedade batendo à porta de novo, pois já se aproximava das 17h, hora marcada para iniciar a cerimônia.

Meu sonho era entrar e pisar no grande tapete vermelho à luz do dia. Ver o pôr do sol no meio da cerimônia e sair com as estrelas brilhando na noite já escura.

Infelizmente, 3 de meus padrinhos atrasaram e só chegaram às 18h. Eu vi o dia ir embora, eu vi o sol se pôr e dar lugar à noite. Meu sonho foi embora. E minha glicemia subiu.

Fiquei nervosa, triste, tomei mais de uma taça de espumante pra tentar me acalmar. Mas é preciso, em meio ao caos, compreender que, às vezes, nossos planos são diferentes dos planos de Deus. Assim, a cerimônia começou às 18h, e os atrasados (e aqueles que chegaram só para a festa) puderam contemplar uma cerimônia maravilhosa e que todos fizeram questão de comentar comigo, com o Darlan, com meus familiares, quão bonito e emocionante foi.

Depois da clarinada e da marcha nupcial, entrei ao som de Guns n' Roses, com a música November Rain. Guns n' Roses é uma das minhas bandas preferidas, conheci quando tinha 11 anos. Antes de entrar, a única coisa em que pensava era: "Não posso chorar!" Me esforcei ao máximo, eu não queria que as pessoas me vissem com cara de choro e sim com cara de felicidade. Depois teve choro, claro, de felicidade.





Ah, e teve arroz no final da cerimônia! E nem precisei contar carboidratos pra ele =D



Saindo da cerimônia, fomos direto ao quarto dos noivos, para fazer uma pausa, comer e beber algo. Glicemia = 190mg/dL. Correção e bolus para comer salgadinho.

Até que me saí bem. Eu sei que ela ficou alta, mas foi um dia que não me cobrei muito nesse sentido. Não fiquei pensando que a glicemia precisava estar 100mg/dL o tempo todo. Eu só fiquei atenta ao excesso. Não podia estragar meu grande dia por uma glicemia batendo perto dos 400. Isso para mim era excesso, 190 é corrigível.

Claro que não poderia faltar uma chuva de fotos! Mas calma, vou colocar só algumas ^^
Quem quiser ver mais fotos desse grande dia, é só acessar o site da LinePix, a empresa sensacional que fez essas fotos maravilhosas.















Receber via email

Digite seu endereço de email:

Delivered by FeedBurner

Voltar ao topo