O casamento do ano - As fotos externas [parte 4]


Nosso casamento aconteceu no primeiro sábado do mês de maio, fomos passar a lua de mel em um hotel fazenda em Vespasiano e já na segunda-feira estava marcada a sessão de fotos externas, em Nova Lima.

A grande questão era: como eu queria que as fotos tivessem a luz da manhã, marcamos de encontrar a equipe de fotógrafos na portaria do condomínio, em Nova Lima, às 8h. E como eu sairia de Contagem e enfrentaria o trânsito no horário de pico do anel rodoviário, eu gastaria cerca de 1h para chegar lá. Isso quer dizer que eu deveria sair de casa no mínimo às 7h. Como a maquiadora e cabeleireira precisariam de 3h para me arrumar, e eu precisaria estar com o cabelo molhado, eu teria que acordar às 3h30 da madrugada, lavar o cabelo, trocar de roupa, pegar a bolsa e sair de casa às 3h50, para chegar à casa da maquiadora às 4h. Ainda bem que ela mora apenas a 2 quarteirões da casa dos meus pais =)

Enfim, a treta estava em eu ter que madrugar hahaha. Mas eu madruguei sem reclamar.


Acordei, glicemia ótima, porém não comi nada, porque pelamordedeus, quem tem fome às 3h30 da madrugada?

Minha mãe, meu anjo na Terra, foi comigo acompanhar as fotos e levou lanche para eu comer dentro do carro.

Chegamos com 30 minutos de atraso, mas foi um dia lindo, cheio de energia positiva, paisagens maravilhosas e encantadores e pessoas magníficas.

O local das fotos é o Condomínio Morro do Chapéu Golfe Clube, em Nova Lima, local onde meu pai trabalha. Seu patrão nos presenteou, cedendo o espaço para realizarmos essa sessão de fotos. Fomos muito bem tratados, desde o momento que chegamos até irmos embora, às 17h kkkkk (e olha que eram apenas 4 horas de sessão de fotos!)


Meu pai ficou muito preocupado comigo, por eu ter acordado muito cedo e insistiu para que parássemos a sessão para comer algo.

Ao todo, de 8h30 às 17h, paramos duas vezes para comer: a pausa do café da manhã, por volta das 10h e o almoço, por volta das 14h. Nesse dia, a glicemia ficou bem controlada, porque não fiquei beliscando o dia todo.


Acima temos uma foto da minha mãe modelete na mesa de almoço que foi preparada para nós. Ela ficou tão fofinha que eu tive que postar.

Às 17h, quando encerramos, todos estavam bem cansados, e eu, parecia ligada no 220v.
Fomos embora, eu tinha nova missão: arrumar as malas, pois partiríamos no dia seguinte, uma terça-feira, para nossa viagem de lua de mel.

Antes de mostrar algumas fotos aqui, tem um detalhe muito importante que divido agora com todas as noivinhas que passarem por este blog: guardem o buquê na geladeira. Eu sabia que era preciso fazer isso, mas não cabia na gaveta da geladeira e como os lírios estavam cheirando muito forte, eu não quis arriscar deixar ele dentro da geladeira, mas fora da gaveta. E ele murchou, soltou um pólen que a fotógrafa limpou mas me alertou que se encostasse no vestido poderia manchar. Nesse momento, o Marcos, anfitrião da casa, se dispôs a colher flores do jardim e fazer um buquê maravilhoso para mim! Super vintage, parecendo coisa de editoria de revistas de noivas. Todos ficamos maravilhados. Aí, eu tinha 2 buquês para a sessão hahaha. Viu, como  eu disse, foi tudo perfeito!


Compartilho aqui algumas fotos do dia com vocês. Fiquei encantada com as fotos, os lugares, as poses dirigidas pelo fotógrafo… E olha que essas fotos são as extraoficiais, ou seja, foram tiradas do celular por meu pai e minha mãe que acompanharam a sessão. Imagina quando o fotógrafo entregar as fotos profissionais?! Vou ter um ataque hahahaha


E ainda tem muitas outras fotos lindas. É só clicar aqui.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receber via email

Digite seu endereço de email:

Delivered by FeedBurner

Voltar ao topo