O casamento do ano - O casamento civil [parte 5]


Para falar a verdade, esse texto deveria ter sido o primeiro a ser postado, pois o meu casamento civil foi o primeiro de todos os eventos. Mas a ansiosa aqui, quis postar sobre a cerimônia primeiro hahaha


Eu sou uma pessoa muito ligada a datas: aniversário de namoro, data em que fiquei diabética, e por aí vai, quem acompanha sabe um pouquinho sobre isso. Confessada a paranoia, já escrevi em posts anteriores aqui no blog que todo dia 28 de abril, eu e (agora) meu marido comemoramos nosso aniversário de namoro, afinal são apenas 12 anos juntos.
2018 já era o ano programado para nosso casamento. Pelo menos em nossas cabeças.

*Nota para explicar a maluquice: optamos por 2018 por vários motivos pessoais do casal. Primeiro, por 28 de abril cair num sábado em 2018. Depois, porque em 2018 já teríamos mais de 30 anos e isso era meta de vida. E também, porque sabiamente decidimos que só nos casaríamos depois de termos comprado nossa casa própria, pois já dizia o ditado “quem casa quer casa”, e a ideia de casar e continuar morando com os pais ou pagando aluguel não era algo aceitável para nós.

Voltando ao assunto, quando batemos o martelo sobre a cerimônia e festa, acordamos que faríamos ambas no mesmo local, por questões religiosas eu optei por não casar na igreja. Assim, o objetivo era encontrar um espaço com cara de sítio. Quem mora em BH sabe que a orla da Lagoa da Pampulha é o lugar ideal para alugar esses espaços para festas.


Enfim, quando começamos a procurar, todos os espaços já não tinham disponibilidade para o dia 28/04/18. Abrimos mão da data, pois colocaríamos o plano B em ação: casar no civil no dia 28/04/18.

Em janeiro, demos entrada na papelada e aguardamos a resposta do cartório. E, quando eu recebi a resposta, chorei igual criança. E o retorno foi: “O dia 28/04 não está disponível, será o sábado que não funcionaremos, pois o cartório irá mudar de endereço”.

Fiquei visivelmente abatida e, a contragosto, marquei para 25/04, uma vez que o cartório realizava casamentos às quartas e sábados.

No momento de raiva, a gente se chateia com certos obstáculos que surgem em nossa caminhada, mas é preciso perceber que Deus não faz nada ao acaso.

Pois bem, o casamento no cartório estava marcado para 25/04/18, às 16h30. Assim como aconteceu um dia antes do meu casamento no religioso, eu dormi muito mal e tive mais uma hipoglicemia. Acordei coberta de suor e o coração batendo muito rápido. Comi 20g de carboidrato, esperei 15 minutos, tudo ok, voltei a dormir.



A solenidade atrasou muito e por volta das 18h nos casamos. Fora a família, 3 padrinhos foram ao cartório ver a “mini cerimônia”. Trocamos as alianças na sala de casamento do cartório e aquele momento já estava sendo importante demais na minha vida. Eu ficava pensando: “imagina quando for o casamento religioso?! Vou chorar de alegria de tão lindo!”. E chorei.


Agora temos 3 datas importantes para comemorar:

25/04 casamento no civil
28/04 aniversário de namoro
05/05 casamento no religioso

E olha que eu acho que 28/04 vai ser a data que permanecerá forte em nossos corações hahaha. E pra não passar em branco, no nosso dia 28/04/18, sábado, fomos jantar em um restaurante chinês em BH, o Macau.


E esse foi o look que usei pro casamento no civil, eu não queria usar branco, então usei um vestido floral com estampa bem clara. A bomba ficou em uma bolsinha que usei na cintura, por baixo do vestido. Como a saia do vestido era bem soltinha, não marcou nadinha. Neste dia eu estava sem o sensor Libre, estava medindo pelo glicosímetro da Accu-chek, através de sangue nas tiras reagentes.


Ficar sem o Libre foi uma escolha para organizar os dias em que eu o colocaria para o casamento religioso. Fiquei 4 dias sem o Libre, senão ele acabaria exatamente no sábado à noite. Imagina no meio da festa eu tendo que trocar o Libre e ainda esperar 1h para ele calibrar? Não era esse o objetivo, por isso atrasei o dia da troca.

E para não perder o costume, mais fotinhas desse momento lindo em minha vida:









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receber via email

Digite seu endereço de email:

Delivered by FeedBurner

Voltar ao topo